Sabe o “finde” tudo de bom? Foi assim…
Nos reunimos para comemorar o Niver da Bruninha. Não sei como definir, mas pra começar ela é minha sobrinha. É que ela é amiga, confidente, companheira… Costumo dizer pra ela que ela tem o dom de trazer cor, alegria e alto astral nos meus momentos mais difíceis. E olha que muitas vezes, ela nem sabe que estou vivendo um momento difícil… Dá pra entender?
Ter pessoas assim por perto é dádiva, é para poucos.
E aí que foi tudo simples, preparado com muito carinho e cuidado.
E viva nossa Flor!








Rolou também aquele domingo de casa de Mami. Ela preparou um maravilhoso rocambole de batatas. A receita é daquelas de infância. Ela preparava sempre que era a vez. É que Mami era tão prendada, que ela tinha cardápio em casa. Acredita? rs